fbpx

Para manter roupas e acessórios organizados vale a pena investir na transformação de um quarto em um closet (Foto: Reprodução/Shutterstock)


Com pouca intervenção e gasto, é possível ter um espaço exclusivo para acomodar os pertences


Há um tempo atrás pensar em ter um closet em casa era coisa de quem tinha muito dinheiro para gastar, hoje em dia o ambiente ganha cada vez mais espaço, literalmente, nos lares. A ideia é ter um lugar exclusivamente para organizar roupas e acessórios, deixando o quarto reservado para se tornar um ambiente mais clean e aconchegante. Muitas pessoas, inclusive, acabam optando por ter um closet ao invés de um quarto a mais. Veja as vantagens dessa decisão.

Antes de mais nada, é preciso estar seguro da transformação de um quarto em closet, principalmente quando se trata de apartamentos com poucos cômodos. “É importante o cliente estar ciente do que deseja antes de realizar qualquer intervenção no imóvel. Se a casa ou apartamento tem quatro quartos, pode-se reservar um deles para o closet que ainda será um imóvel bem valorizado. Transformar um imóvel de três quartos em um de dois quartos mais closet pode ser vantajoso se o projeto permitir que se volte à situação anterior facilmente, sem muitos custos, pois um imóvel de três quartos ainda é bastante valorizado ante os novos, tão compactos”, explica o arquiteto Artur Diniz.

Se a escolha por transformar um quarto em closet for concreta, é preciso ponderar o valor do investimento. “Se for um custo muito alto, só vai valer a pena se a intenção for manter o closet por um longo período ou definitivamente”, ressalta Artur. De toda forma, normalmente a transformação não requer grandes intervenções. “O processo é simples. Dependendo do layout, pode ser preciso alterar os pontos de luz e de tomadas para melhorar o aproveitamento do cômodo”, diz. E, quanto menor a intervenção inicial,mais fácil e rápido será transformar o closet em quarto novamente: “às vezes, basta retirar os armários e realizar uma pintura”, complementa o arquiteto.

Mesmo com o incoveniente da reforma, os benefícios futuros podem valer a pena. E o processo pode ser mais simples do que parece. Primeiro é importante ressaltar que, para ter um closet, não é necessário um ambiente muito grande. Normalmente ele fica integrado ao banheiro, num espaço reduzido, porém bastante organizado para comportar todos os pertences, sejam roupas, sapatos, acessórios e maquiagens. Portanto, é essencial pensar em um projeto de araras, gavetas, prateleiras, nichos e espaços que atendam a todas as suas necessidades.

closet

A iluminação é um ponto muito importante na hora de projetar um closet (Foto: Reprodução/Shutterstock)

 

Um bom projeto vai indicar o caminho pois são inúmeras aspossibilidades. “Um bom closet terá seu espaço bem definido, com acesso fácil ao quarto e banheiro, vai ter um bom espaço para se vestir, vai ter tudo organizado e à mão, com quase tudo visível para facilitar a busca de qualquer peça”, afirma Artur.

Outra vantagem de ter um espaço exclusivo para acomodar os pertences é que o quarto fica mais livre para exercer a função de ser um ambiente mais aconchegante. Além do que, pode ser bem vantajoso na rotina de um casa, por exemplo. “Quando se retira o armário do quarto, teremos bem definido um ambiente para dormir eo closet será um espaço exclusivo para se vestir. Isso garante privacidade e não perturba o sono do companheiro ou companheira”, reforça o arquiteto.

closet

Uma forma simples e barata é investir nas araras na hora de montar um closet (Foto: Reprodução/Shutterstock)

 

Quanto ao custo, que pode parecer alto, lembre que o closet substitui armários, cômodas e sapateiras, ou seja, pode até sair mais em conta. Isso só depende do projeto que você vai levar adiante, do tipo de closet que deseja e do material a ser usado. Por exemplo, não usar portas nos armários dentro do closet deixa o projeto bem mais barato.

Outra dica é substituir gavetas por prateleiras. E se quiser ainda mais economia, é possível ter um closet aramado. Neste caso, no lugar de madeira, as prateleiras e gavetas são feitas de arame, o que diminui bastante o valor e ainda deixa as roupas mais arejadas, correndo menos riscos de mofar.

 

Dicas para ter um closet ideal:

– Use e abuse das prateleiras, que deixam as peças à mostra e facilitam na hora da escolha. Nas mais altas, coloque objetos que são menos usados. Nas inferiores, exponha os itens mais usados. Isso, com certeza, vai ajudar a poupar alguns minutos por dia;

– Tenha uma cadeira, um pufe ou uma poltrona dentro do closet. A mobília de apoio vai ajudar na hora de provar sapatos ou de separar as peças escolhidas;

– A iluminação é importante e pontos de luz ajudam a não confundir as cores das roupas ou esconder um amassado;

– Coloque muitos espelhos. Eles ajudam a dar a sensação de maior profundidade ao espaço e, claro, são essenciais para escolher o look perfeito. Tenha pelo menos um de corpo inteiro;

– Nas prateleiras e gavetas, use divisórias para deixar tudo melhor organizado, como calcinhas, sutiãs e jóias;

– Use caixas para guardar os objetos que não são usados com frequência. Se as caixas não forem transparentes, etiquete o que contém em cada uma delas.

 

Fonte: ZAP em Casa

Share This