fbpx

Ao comprar um imóvel, é importante que a imobiliária que intermediará a transação seja confiável e bem qualificada. Afinal, além de lidar com uma grande quantia de dinheiro, estamos falando da escolha dos profissionais que estarão ao seu lado na hora de encontrar e negociar um imóvel, certo?

Por isso, preparamos um post para ensiná-lo como escolher uma imobiliária correta. Confira!

Conheça o histórico da empresa

É importante se informar sobre as operações comerciais já realizadas pela empresa, bem como sobre a sua reputação. Afinal, em primeiro lugar, você deve estar seguro para colocar seu dinheiro e seus documentos pessoais nas mãos da imobiliária.

Por isso, o primeiro passo na hora de escolher uma imobiliária é procurar saber se a empresa é processada por fraude ou outros crimes do tipo.

Saiba o que a consultoria oferece

Você encontrou algumas empresas idôneas, com as quais poderia fazer negócio. O próximo critério de seleção que você deve observar é a variedade na prestação de serviços.

Opte por consultorias mais completas, que ofereçam um serviço personalizado, indicando somente negócios que tenham a ver com seu perfil, ajudando a fazer uma oferta melhor no valor do imóvel etc.

Verifique o CRECI dos corretores

Para evitar golpistas se passando por funcionários da empresa, a maioria das imobiliárias já disponibiliza o CRECI de seus associados no próprio site. O CRECI é o número de registro dos corretores de imóveis que atuam legalmente.

Mas se esse não for o caso, peça para seu corretor apresentar o CRECI. Se ele se recusar a fazê-lo, desconfie — profissionais idôneos sabem que esse é um fator de segurança para o cliente, e não têm motivo para recusarem o pedido.

Informe-se sobre a qualidade do serviço

Hoje em dia, é fácil saber a avaliação geral de uma empresa na Internet, e isso ajuda bastante a evitar fazer negócio com aquelas que são muito problemáticas.

No entanto, é melhor não se basear somente no julgamento de desconhecidos e procurar opiniões de amigos, colegas e familiares que já tenham sido clientes da empresa. Eles darão a você uma noção mais clara sobre a qualidade do atendimento e do serviço do local.

Observe os imóveis oferecidos

Por mais idônea que uma empresa seja, isso de nada adianta se ela não for capaz de ofertar bons imóveis. É um mau sinal se o portfólio de uma imobiliária conta somente com imóveis em péssimo estado, em regiões perigosas, ou com preços fora da realidade do mercado.

As imobiliárias podem contar com imóveis de várias faixas de preço, mas, mesmo os mais baratos, devem ter um mínimo de qualidade. Caso contrário, isso demonstra desleixo.

Não desista

Existe um número muito grande de imobiliárias no mercado; utilizando bons critérios, não é difícil escolher a melhor possível. Por isso, não há desculpa para cair no erro de negociar diretamente com o proprietário!

Isso deixará o comprador legalmente desamparado e tendo que lidar com todo tipo de burocracia e dor de cabeça, que poderiam ser facilmente evitadas ao utilizar uma boa imobiliária como intermediária do negócio.

Gostou do nosso conteúdo sobre como escolher uma imobiliária? Se você deseja adquirir um imóvel no litoral norte, que tal entrar em contato conosco? Você pode ligar ou mandar uma mensagem no site!

Share This