fbpx

A Estrada dos Tamoios – SP 099 foi construída pelo DER, fazendo a ligação entre as cidades de São José dos Campos e Caraguatatuba. Principal ligação do Vale do Paraíba e o Litoral Norte do Estado de São Paulo, a Rodovia dos Tamoios (SP-099) está localizada a 260 km a leste da cidade de São Paulo, atravessando os municípios de Jambeiro e Paraibuna.

Em 1957, no Governo Jânio Quadros, foi pavimentada solucionando os problemas de excesso de pó e lama que, aliados à neblina constante, eram causa de graves acidentes. Em épocas de chuva, antes do asfalto, a estrada era praticamente intransitável. A denominação Estrada dos Tamoios foi realizada através da Lei nº 1796, de 18/10/78, e constitui referência histórica ao nome de uma tribo indígena que habitava o litoral norte paulista e o litoral fluminense.

Com frequentes pontos de congestionamento principalmente durante a temporada de verão, o trecho paulista da rodovia Rio-Santos (SP-55), entre Ubatuba e São Sebastião, no litoral norte, vai passar por obras de duplicação em 2016. O DER preparou um projeto para duplicação da Rio-Santos no trecho do litoral norte. Já neste ano de 2015, três das cidades do litoral norte devem receber audiências públicas para discutir a obra. O trecho entre Ubatuba e São Sebastião deve ser concluído em 2017. A ampliação da estrada deve ser realizada entre o km 53,6 ao 102,3, no trecho que liga Ubatuba a Caraguá. O investimento no projeto é de R$ 82,7 milhões. Também estão previstas obras no trecho que liga São Sebastião a Bertioga, entre o km 102,3 ao km 211,5.

O DER e a DERSA são responsáveis pelas obras, e todos os projetos tem sido feitos com a fiscalização dos órgãos ambientais afim de minimizar da melhor forma os impactos ambientais. Na duplicação da serra as obras acontecem do km 60,4 ao km 82, entre Paraibuna e Caraguatatuba (passando pelo Parque Estadual da Serra do Mar). Dentre outros benefícios, as obras oferecerão mais segurança para os usuários, rampas menos inclinadas, traçado menos sinuoso, curvas mais abertas e o trecho da Serra do Mar em túneis. O término desta etapa está previsto para 2020.

Já a etapa dos contornos viários está dividida em quatro lotes;

No contorno Norte: Lote 1 Caraguatatuba (6,2 km): SP-55 em Martim de Sá – Rodovia dos Tamoios (SP-99).Para o Contorno Sul: Lote 2 – Divisa Caraguatatuba/São Sebastião (18,4 km): Rodovia dos Tamoios – Jaraguá (Costa Norte São Sebastião). Lote 3 – São Sebastião (5,0 km): Costa Norte São Sebastião – Morro do Abrigo (Reserve Du Moullin). Lote 4 – São Sebastião (4,3 km): Morro do Abrigo (Reserve Du Moullin) – Porto.

As melhorias para o contorno viário são muitas pois, irá promover o reordenamento do tráfego e da rede viária urbana de Caraguatatuba e São Sebastião. Irá contribuir para a redução de acidentes por meio do aumento da segurança para usuários, pedestres e ciclistas e também para melhoria da velocidade operacional, haverá agilidade no escoamento da produção, através da otimização da infraestrutura viária existente para acesso ao Porto de São Sebastião e consequentemente irá melhorar o desenvolvimento econômico do litoral norte paulista e a geração de novos empregos. O resultado será muito positivo pois impulsionará as condições para o turismo no Litoral Norte e para todos que aqui já vivem.

Redação Agência MayPress.
Fontes: DER, DERSA, Site G1.

Share This