fbpx

Em meio a um dia agitado de trabalho, muitos sonham com o descanso em um lugar paradisíaco, talvez em frente a uma bela praia com águas azuis, que refletem o brilho de um dia ensolarado. Só de imaginar esse cenário nos sentimos relaxados e somos tomados por um sentimento de paz, mas não seria melhor sair do imaginário e tornar esse sonho real? Comece a planejar com a família as suas próximas férias de verão!

Para ajudar, produzimos este artigo com dicas para que os seus dias de descanso sejam incríveis. Falamos aqui sobre destinos interessantes para uma viagem em família, o que levar na bagagem e outros detalhes importantes. Vamos planejar as suas férias? Então não perca os próximos tópicos!

Por que tirar as férias de verão em família?

Nós dedicamos muito tempo trabalhando e cuidando de responsabilidades. Sem percebermos, esse ciclo contínuo pode nos impedir de aproveitar muitas coisas boas da vida. De acordo com o livro “The Writing Life”, da escritora Annie Dillard, o modo como usamos os nossos dias é, obviamente, o modo como usamos nossa vida.

Essa frase foi usada em um artigo do site da universidade americana de Gettysburg, que apresenta uma pesquisa feita por Andrew Naber — psicólogo e cientista comportamental. Nesse estudo, constatou-se que uma pessoa comum gasta em média 90 mil horas trabalhando durante toda a vida.

Ao comentar sobre esse resultado, Andrew Naber ressaltou que o ser humano consome tempo demais envolvido com o trabalho — algo que afeta muito a felicidade com os resultados na vida. Diante disso, fica bem clara a razão pela qual devemos programar períodos para dar uma pausa na vida profissional e nos dedicar ao descanso com a família.

Os momentos que passamos com pessoas queridas são inesquecíveis. Na verdade, são essas ocasiões que fazemos questão de lembrar por meio de fotos em álbuns, porta-retratos ou em murais. Ainda citando o livro “The Writing Life”, Annie Dillard diz, em outras palavras, que vários dias iguais não significam muita coisa, mas momentos especiais têm muito valor.

Quais são os benefícios de boas férias de verão?

Para aumentar o desejo de tirar boas férias de verão, elencamos as principais vantagens de arrumar as malas e viajar junto com a família.

Redução do estresse

A lista de benefícios de passar as férias de verão com a família é enorme, e um deles é a redução do estresse. Sabemos que o cortisol e a adrenalina são hormônios liberados em grande quantidade pelo nosso organismo quando estamos em constante pressão mental ou emocional.

No longo prazo, a liberação em excesso desses hormônios leva ao estresse crônico, que resulta em doenças cardíacas e até depressão. No entanto, a melhor maneira de minimizar o estresse é estimular a produção da serotonina, endorfina, dopamina e oxitocina — conhecidas como os hormônios da felicidade.

É interessante que um artigo do site de notícias da BBC Brasil revelou que geralmente essas substâncias são produzidas por meio de conexões emocionais com pessoas queridas. Quando isso acontece, no lugar do estresse, sentimos alegria, paz e contentamento.

Então, quando nos desconectamos por um tempo da rotina intensa e muitas vezes desgastante do nosso trabalho, reduzimos os níveis de estresse. Por outro lado, abrimos as portas para sensações agradáveis, que enchem nossa vida de alegria. O resultado é percebido na nossa saúde física, mental e emocional.

Fortalecimento da união familiar

Podemos apontar outra vantagem de passar as férias de verão com a família: fortalecer os vínculos afetivos. Infelizmente, muitas famílias não têm vaga na sua rotina para conversar, rir, brincar ou realizar atividades. Na verdade, sem essa interação, as pessoas acabam se tornando estranhos que dividem o mesmo teto.

Agora pense nas oportunidades que a família tem para ficar junta quando está de férias. Visto que ninguém tem responsabilidades que exigem o cumprimento de horários, abre-se um leque de opções para interação, como caminhar, andar de bicicleta, praticar algum esporte ou simplesmente sentar à beira-mar para relembrar histórias do passado.

Alguns pais curtem também ver os filhos pequenos brincarem. Não importa a atividade: a família vai retornar das férias com os vínculos afetivos mais fortes. Com certeza, todos ficarão na expectativa do próximo período de descanso.

Aumento da produtividade no trabalho

Outra vantagem das férias está relacionada à vida profissional. No início deste tópico, falamos sobre os efeitos negativos que o estresse causa na nossa saúde física, mas essas consequências também têm impactos na produtividade no trabalho. Quando estamos sobrecarregados, o nosso rendimento em tarefas simples cai consideravelmente.

Em serviços mais complexos, levamos mais tempo para executá-los, o que acaba comprometendo a qualidade final — sem falar da queda na criatividade. Ideias inovadoras e serviços feitos com originalidade vêm de uma mente ativa e relaxada, sem o peso causado pelo estresse.

Sendo assim, o tempo dedicado ao descanso com a família contribui muito para o sucesso na carreira profissional. Talvez seja nas férias que consigamos pensar em objetivos e repensar estratégias que podem mudar para melhor a nossa vida empresarial.

Novas vivências

Saindo dos benefícios para a carreira, podemos olhar outro ângulo positivo das férias: vivenciar novas experiências — conhecendo uma nova cultura, comidas, pessoas, lugares ou práticas esportivas. Seja o que for, contribui muito para o enriquecimento da vida.

Imagine que você decida viajar para uma cidade litorânea que tem muita natureza e também um centro histórico. Pelo menos duas coisas podem ter um impacto significativo na educação dos filhos: o respeito pelos recursos naturais e pela história nacional. Além disso, “respirar novos ares” amplia a mente da família, ajudando todos a lidarem com as diferenças.

Como a maior parte da população mora em grandes centros, as pessoas passam grande parte do seu tempo acessando a internet por meio de dispositivos eletrônicos. Sair por um período desse ambiente virtual fará muito bem para a mente e a saúde da família, deixando as pessoas em contato com as maravilhas do mundo real.

Como escolher o destino das férias de verão?

Agora que sabemos os benefícios das férias de verão, partimos para a escolha do melhor destino. Como estamos falando de viagem em família, é importante levar em consideração o bem-estar de todos e encontrar um lugar que atenda às necessidades dos adultos e de crianças ou adolescentes. Vejamos dicas de como identificar um destino para a diversão de toda a família.

Busque um lugar que proporcione contato com a natureza

Nada como passear por lugares que oferecem uma natureza exuberante! Tudo o que envolve o contato com a natureza agrada aos nossos cinco sentidos: observar as gaivotas plainando sobre a praia, sentir a brisa tocando em nosso rosto, ouvir o canto dos pássaros, tocar nas águas de uma cachoeira, cheirar o perfume de uma flor e degustar uma fruta deliciosa.

A impressão que temos é: fomos feitos para interagir com a natureza. Essa conclusão é correta, pois a conexão automática mostra como somos compatíveis com os meios naturais. Por isso, no processo de escolha do destino, pense em um lugar menos urbano e com muito contato com a natureza.

Felizmente, vivemos em um país cheio de possibilidades. De norte a sul, as praias brasileiras são consideradas as mais paradisíacas do mundo. No entanto, as belezas naturais são vistas também nas regiões serranas, no pantanal mato-grossense, na Amazônia e nas diversas chapadas encontradas no centro-oeste e no nordeste.

Há também os parques nacionais cheios de vida animal e vegetal. Muitos desses lugares oferecem passeios para conhecer mais de perto a natureza. Dificilmente a família não vai se surpreender com a riqueza de recursos que a natureza apresenta. Esse entusiasmo levará à captura de muitas fotos e recordações incríveis, que ficam para toda a vida.

Diante de tantas opções, pode ser até difícil escolher uma, concorda? Algo que ajuda nessa decisão é envolver toda a família. Cada um pode revelar o que deseja fazer ou que tipo de lugar quer conhecer nas férias. Com um pouco de pesquisa, é possível encontrar um destino que agrade a todos.

Confira as vantagens da região litorânea

No tópico anterior, citamos brevemente o lindo litoral brasileiro. Mostraremos agora por que passar as férias em família em uma região litorânea é uma excelente opção.

Começando pelo litoral do norte do país, a extensão de praias vai desde a foz do rio Oiapoque até o delta do rio Parnaíba. Nesse percurso, encontram-se manguezais deslumbrantes, matas de várzeas, enormes campos de dunas e praias maravilhosas, como a de Salinas e da ilha do Algodoal, no Pará. Entre as práticas esportivas está o bodyboarding, que até as crianças podem participar. Entre os representantes da natureza estão crustáceos, peixes e aves.

Em seguida, inicia-se o famoso litoral nordestino na foz do rio Parnaíba, que segue até o recôncavo baiano. Podemos dizer que as praias do nordeste estão entre as mais belas do Brasil. Entre elas está a da Baía do Sancho, em Fernando de Noronha (Pernambuco), a da Pipa, em Tibau do Sul (Rio Grande do Norte) e Canoa Quebrada, no Ceará.

Muitas delas têm a presença de recifes de coral, dunas cobertas com vegetação rasteira, que se movimentam com o vento constante, além de manguezais, restingas, lagunas e matas. Alguns animais ameaçados de extinção são vistos pelo litoral, como o peixe-boi marinho e as tartarugas. Uma das atividades esportivas praticadas nas praias nordestinas é o stand-up paddle.

A próxima faixa litorânea é a sudeste, que começa no recôncavo baiano e finaliza em São Paulo. Ela abrange grandes capitais brasileiras. As principais características são as falésias (encostas rochosas), os recifes, as baías, as matas de restinga e o contorno da serra do mar. Os animais emblemáticos dessa região são o mico-leão-dourado e a preguiça-de-coleira.

No litoral do Rio de Janeiro, encontram-se praias famosas como a de Búzios e Arraial do Cabo. Já no litoral norte de SP localiza-se a cidade de Ubatuba, além da cidade de Caraguatatuba, que reserva 40 quilômetros de praias para curtir o verão com a família. Se você vai à praia com crianças, as mais indicadas — devido às águas calmas — são Tabatinga, Cocanha e a Prainha.

Além de belas, essas praias contam com a infraestrutura da cidade, o que torna fácil o acesso a lojas, mercados, shoppings, hospitais, hotéis e restaurantes. Se desejar alugar casa de praia, essa localidade tem boas opções.

Para os amantes da trilha em família, Caraguatatuba tem o Parque Estadual da Serra do Mar. Durante o percurso, é possível observar animais e árvores típicas da Mata Atlântica e ainda tomar um banho em piscinas naturais.

O litoral brasileiro se finaliza na faixa sul, que engloba do Paraná até o arroio do Chuí, no Rio Grande do Sul. O destaque para essa região vai para as praias da cidade de Santa Catarina, mais precisamente as do Balneário Camboriú, que atraem visitantes o ano todo. Todo o litoral sul tem um ecossistema rico em fauna e flora.

Em muitas dessas praias, principalmente as mais próximas a grandes cidades turísticas, há passeios de barco, atividades em mergulho e vistas panorâmicas. Existem também praias mais desertas, como a do Cardoso, em Bombinhas (Santa Catarina). O acesso é somente para ciclistas e pedestres. Uma ótima oportunidade para uma volta em família, não acha?

Atente-se ao clima do local

É importante lembrar que o período das férias de verão no Brasil pode cair em outra estação em um país estrangeiro. Então, se o destino é internacional, atente-se ao clima da região. Enquanto no Brasil os meses de dezembro a março são os mais quentes, a Europa registra temperaturas abaixo de zero grau, por exemplo.

Também é comum em alguns países como a Suíça ocorrerem tempestades de neve. Entretanto, quando o interesse da família é conhecer países do sudeste asiático, como a Tailândia, a Índia e as Filipinas, a preocupação com o clima se deve às monções. Esse fenômeno climático provoca ventos fortes, que geram tempestades e até tufões.

Dependendo do país, as monções podem ocorrer até dezembro. Depois disso elas perdem força e retornam só em março. O ideal é programar a viagem para o sudeste asiático entre janeiro e março.

Se a sua família já tiver começado a planejar as férias de verão para o Havaí por causa das belas praias encontradas por lá, saiba mais sobre o clima. Embora os meses de novembro a abril estejam incluídos na estação do inverno, as temperaturas não caem muito, pois as mínimas ficam em torna de 18 graus. Já os meses de janeiro a março são os mais chuvosos — o que atrapalha um descanso tranquilo à beira-mar.

Mesmo que a viagem não envolva um país estrangeiro, é importante observar o clima das cidades brasileiras no verão. Em algumas regiões, é comum a incidência de fortes chuvas acompanhadas de trovoadas. Há outras que contam com temperaturas muito elevadas, e nem todo mundo se sente confortável nesse tipo de clima.

Sendo assim, é importante incluir na checklist da viagem uma pesquisa sobre a região e seu clima. Além de evitar surpresas desagradáveis, essa prática é ideal para separar as roupas e outros itens adequados para o destino.

Defina o tempo de estadia

A quantidade de tempo que você e sua família vão ficar no destino depende do número de lugares que vocês desejam conhecer. Algumas famílias gostam de passar todo o período das férias de verão em um único lugar. Existem vantagens nessa opção. Uma delas é a possibilidade de conhecer melhor os pontos turísticos e outros apelos da região.

Outro ponto positivo é não ter que fazer várias viagens, aumentando o gasto financeiro — além da cansativa tarefa de arrumar e desarrumar as malas, em especial se há crianças por perto. Caso isso não seja um problema, aumentar a lista de destinos pode ser muito interessante.

Alguns acham bom separar uma semana do mês de férias para cada lugar; outros preferem não definir períodos. Nessa hipótese, o que faz a permanência ser maior ou menor é a quantidade de pontos turísticos ou lugares interessantes para conhecer.

Para esse grupo que não deseja “fincar o pé” em um único destino, o melhor a fazer é viajar para uma região com uma boa concentração de cidades turísticas. Afinal, a ideia não é passar boa parte das férias na estrada ou em conexões de aeroportos, certo?

O que levar na bagagem das férias de verão?

Chegou o momento de fazer uma lista com os itens que serão levados na bagagem da família. Tanto na mala dos adultos quanto na das crianças, é interessante separar os objetos por categorias e organizá-los de forma lógica para economizar tempo.

Comece pelas roupas. Como as férias serão em uma estação mais quente, a prioridade é para as roupas leves, como bermudas, shorts e camisetas. Os calçados também seguem a mesma linha de raciocínio, por isso, sandálias e tênis confortáveis são itens obrigatórios. Não podemos esquecer das roupas de banho, como biquínis, sungas e saídas de praia.

Entre os acessórios indispensáveis estão chapéu, boné, óculos de sol, bolsa ou mochila. Inclua também produtos de higiene pessoal, kit de maquiagem e o protetor solar. Caso haja crianças, os brinquedos serão muito bem-vindos.

Algo que também ajuda a definir quais itens colocar na mala são as atividades de lazer que a família pretende realizar. Os que desejam fazer trilhas, por exemplo, precisarão de garrafas de água e repelentes de insetos. Já os amantes da praia podem incluir um guarda-sol e cadeiras.

No meio da agitação, alguns itens importantes podem ser esquecidos. Entre eles estão os documentos, como a carteira de identidade, carteira nacional de habilitação, passaporte e entre outros. Outro ponto importante é o kit de primeiros socorros, que deve contar medicações controladas, soro fisiológico, algodão, esparadrapo, antitérmico e outros itens para pequenas emergências.

Quais são os cuidados necessários para as férias de verão?

É claro que o clima de férias relaxa o corpo e a mente, mas não podemos deixar de lado a atenção a alguns perigos que podem interromper esse período especial. Entre eles estão as doenças e infecções comuns no verão, como dengue, micoses, insolação e intoxicação alimentar. Sendo assim, é preciso conhecer algumas ações preventivas.

No caso da dengue, o uso de repelentes e o cuidado com a água parada amenizam o risco de uma picada do mosquito. No caso das micoses, manter a higiene adequada impede a proliferação dos fungos que atacam a pele humana.

Em relação à insolação, a exposição excessiva ao sol deve ser evitada, especialmente em horários em que a incidência solar é mais forte (entre 10h e 16h). Não devemos abrir mão de beber bastante água, usar chapéus, óculos de sol e protetor solar.

Devido às temperaturas mais altas, os alimentos sofrem mudanças no seu estado de conservação. Além disso, em estabelecimentos em que a higiene é precária, existe o risco de contaminação dos alimentos por bactérias e outros microrganismos nocivos.

Por isso, é importante observarmos bem o lugar escolhido para fazer as refeições. O cuidado deve ser redobrado com os alimentos vendidos na rua. Durante o dia, a dieta alimentar precisa incluir frutas, verduras e legumes frescos. As carnes magras e grelhadas entram no lugar das fritas ou muito gordurosas. Em resumo, opte por refeições leves.

Por fim, muita atenção à quantidade na ingestão de bebidas alcoólicas, uma vez que aumentam os riscos de desidratação e de acidentes. Nunca devemos dirigir após consumir bebidas alcoólicas, pois colocamos a nossa e a vida dos outros em perigo.

Como aproveitar ao máximo o período de férias?

Depois que chegar ao destino das férias de verão, aproveite cada instante para fazer coisas que você não consegue no meio da correria do dia a dia. Pratique o seu esporte favorito, durma o quanto quiser e reserve um tempo para ler.

Não esqueça de desfrutar a companhia da família. Faça um passeio com o marido ou a esposa, deite na grama com as crianças para contar histórias ou sente-se para observar as travessuras dos animais de estimação.

Deixe de lado as horas e o tempo marcado por compromissos. Tente se desconectar das redes sociais, da internet e dos dispositivos eletrônicos. Se desejar, aproveite para repensar metas, traçar objetivos e modificar atitudes. As férias de verão serão mais do que um período de lazer, mas um marco na qualidade de vida!

O que achou do nosso artigo? Curtiu as dicas para aproveitar as férias de verão com a família? Então confira as 6 melhores e exclusivas praias do Brasil. Quem sabe seu destino será uma delas?

Share This