fbpx

Muitos pensam em viajar para o litoral e voltar com aquele “bronze”, outros querem badalar nas casas noturnas, e tem também as famílias que procuram sossego e praias tranquilas para curtir com a criançada. Seja qual for o grupo, sempre encontramos aqueles que preferem se aventurar no mar. Então, se você veio para a praia a fim de praticar esportes, está no lugar certo! Graças às boas ondas que os ventos trazem, grandes nomes do esporte foram revelados.

 

Surf

O mais comum e mais praticado na região é o Surf. No Brasil, o esporte foi visto pela primeira vez em 1934 na cidade de Santos. Depois disso, nos anos 50, os cariocas Jorge Grande, Bizão e Paulo Preguiça, construíram uma prancha de madeira, inspirados nas pranchas de balsa que um piloto comercial americano da rota Hawaii-Rio, trazia em suas viagens. Com o tempo, os formatos e materiais para prancha evoluíram e hoje em dia é mais fácil praticar o esporte. Com tecnologia avançada e maior visibilidade, o surf ganhou espaço e muitos adeptos. E para o orgulho dos caiçaras, um dos maiores destaques da modalidade é de São Sebastião.

Considerado a nova revelação do esporte, o surfista de Maresias, Gabriel Medina, entrou para a elite mundial do surf mundial (World Tour) em 2003, com apenas 10 anos. O jovem prodígio estourou após mostrar seu espírito competitivo e facilidade com manobras aéreas. Outra característica do jovem atleta é ter um estilo completo, com manobras funcionais, fortes e agilidade com os tubos. Em 2009, Medina entrou para o time de surfistas profissionais e fechou contrato com a marca Rip Curl.

Stand Up Paddle

O Stand Up Paddle, ou SUP, como é mais conhecido, é uma variante do surf, onde quem o pratica se mantém em pé na prancha e usa o remo para se mover. Pode parecer recente, mas surgiu no Havaí, no início dos anos 2000. Os surfistas havaianos começaram a usar o SUP como uma alternativa de treino, quando o mar não estava bom para o surf. Depois de alguns anos começaram a criar campeonatos da modalidade.

Atualmente existem muitos praticantes e competidores, como é o caso do atleta Carlos Bahia, também descoberto em Maresias. O atleta nasceu em Itabuna na Bahia e, foi ajudando seu pai a vender ‘geladinho’ na praia, que ele teve contato com as pranchas de SUP e surf. Hoje Carlos Bahia é referência brasileira no SUP e no Longboard.


Kitesurf

Resultado da junção de windsurf, esqui, wakeboard, surf e vôo livre, o atleta desliza sobre a água em um wakeboard puxado pelo kite e aproveita a frequência do vento para realizar suas manobras na água.

Ilhabela é o paraíso para os praticantes Kitesurf. E lá, é Bruna Kajiya que mantém a região nos pódios. A atleta entrou para o circuito mundial feminino de Kitesurf aos 17 anos, na modalidade freestyle. No primeiro ano como competidora conquistou o posto de terceira colocada no ranking de sua categoria. Em 2009, conquistou o tão sonhado e merecido título mundial, o primeiro para uma atleta brasileira.

 

Vela

Estando em Ilhabela, não podemos deixar de falar da Vela, afinal, a cidade é oficialmente a capital nacional desta modalidade esportiva. Graças a sua posição geográfica, os ventos fortes que chegam ao Canal são constantes e superam os 10 nós em 75% dos dias, facilitando a prática do esporte. Por ser referência na modalidade, a ilha faz parte da rota de muitos velejadores.

Neste cenário, Ilhabela investe na formação de futuros velejadores. A Escola de Vela da cidade tem suporte dos programas Navega São Paulo, do Governo do Estado e “Segundo Tempo Navegar” do Ministério do Esporte e, com o Serviço Nacional das Indústrias (SESI).

O aluno Luan Vitor Pegoraro de Souza, de 13 anos já foi campeão paulista na categoria Optimist – Iniciante. O adolescente tem um sonho um tanto quanto particular. “A Vela me proporciona momento únicos. Já disputei campeonato paulista, brasileiro e regatas festivas. Espero um dia conseguir ser professor de Vela”, confessa.

 

A cidade vizinha, São Sebastião, também aproveita os benefícios de sua localização. O projeto municipal Ventos & Velas já atendeu cerca de 600 crianças e adolescentes desde seu início, em 2007. Atualmente o projeto soma parceria com o programa Atleta do Futuro do Sesi-SP.


 

Fotos:

Gabriel Medina – Foto: Kirstin Scholtz ASP – Site braziliansurfchannel

Carlos Bahia – Foto: Carol Bahia

Bruna Kajiya – Foto: DR Mondial Du Vent

Vela – Foto: Ronald Kraag

 

 




 

 

Redação: Fabiana Lima

Edição: Aline Ehrlich – Agência MayPress

Share This