fbpx

Deixar de viver de aluguel é o sonho da maioria das pessoas que ainda não possuem a casa própria, e não há como negar que investir em um financiamento é uma das melhores opções para realizar esse sonho. Embora o financiamento já tenha ajudado muitos compradores a adquirirem o imóvel próprio, é verdade que toda a burocracia envolvendo o processo pode assustar ou afastar os possíveis investidores.

Mesmo que o processo envolva uma série de etapas burocráticas, você só precisa se atentar e providenciar todos os documentos exigidos para financiar um imóvel. Assim, conseguirá o financiamento tão desejado.

Se você tem interesse em entrar em um financiamento, mas precisa de ajuda para entender todo o processo e a documentação exigida, continue lendo este texto e tire todas as suas dúvidas!

Como funciona o financiamento de imóveis?

De forma geral, os financiamentos são realizados diretamente com os bancos, mas há quem prefira negociar com a ajuda da imobiliária.

Quem assina o contrato do financiamento com o banco, por exemplo, recebe uma carta de crédito, ou seja, o banco fornece a quantia necessária para que o indivíduo adquira o imóvel. Então, a pessoa deve devolver pouco a pouco o dinheiro que foi emprestado.

Uma vantagem do financiar um imóvel é que o valor total é dividido em parcelas que facilitam o pagamento. Entretanto, o ponto que desagrada a muitos investidores é a presença dos juros, que só tendem a aumentar. É aconselhável que o cliente tente fazer uma boa negociação com o banco para diminuir a taxa de juros.

Geralmente, são necessários anos para quitar de vez as parcelas e, durante este período, o imóvel fica ligado ao indivíduo que adquiriu o financiamento, mas a propriedade não pode ser renegociada enquanto a dívida com o banco não for paga.

Primeira casa de praia: do financiamento aos últimos detalhes da decoração

Esse guia foi feito especialmente para você que deseja realizar o seu sonho mas tem a cabeça cheia de dúvidas e medos. O conteúdo é detalhado e explica desde os macetes para escolher um bom imóvel até a melhor maneira de decorar a casa na praia.

Quais são os documentos para financiar imóvel?

Os primeiros documentos que são exigidos para fechar negócio são as originais e cópias do RG, CPF, comprovante de estado civil (quando for o caso), certidão de nascimento e comprovante de renda (holerite, declaração completa do imposto de renda, extratos bancários etc.)

Essa é a documentação básica que deve ser apresentada ao começar um financiamento, mas tudo pode variar dependendo de cada caso. Confira quais são os documentos necessários para alguns casos específicos:

1. Pessoa Jurídica

  • Originais do Contrato social ou Estatuto social;
  • Certidão Negativa de Débito do INSS;
  • Certificado de Regularidade do FGTS;
  • Certidão de Quitação de Tributos Federais.

2. Financiamento utilizando o FGTS

  • Cópia de um comprovante de residência atual;
  • Cópia de um comprovante de residência antigo;
  • Cópia da Carteira de Trabalho;
  • Extrato original, datado, carimbado e atualizado do FGTS;
  • Cópia da última declaração de Imposto de Renda.

3. Financiamento direto com a Caixa

  • Extrato do banco;
  • CPF;
  • Declaração de Imposto de Renda;
  • Carteira de Identidade.

Como facilitar o processo de financiamento?

Se você ainda tem dúvidas sobre o processo burocrático de um financiamento mesmo depois de todos os esclarecimentos, então o melhor é contar com a ajuda de um profissional, ou seja, o auxílio de uma imobiliária.

Os corretores de imóveis são as pessoas mais atualizadas sobre o mercado imobiliário e, além de conseguirem um imóvel de ótima qualidade por um preço mais acessível, eles também podem ajudá-lo a lidar com toda a burocracia e os documentos para financiar imóvel.

Apenas não se esqueça de pesquisar bem antes de fechar negócio com uma imobiliária: escolha uma empresa que realmente se comprometa com seus clientes e leve o seu serviço à sério.

Gostou do conteúdo? Você tem interesse em ler mais textos sobre o mercado imobiliário? Então baixe o nosso e-book sobre o investimento em imóveis de luxo.

Share This