fbpx

Lustres são objetos que, além de belos por si só, trazem charme e sofisticação para o ambiente em que são instalados, além de, é claro, valorizar seu espaço. Eles podem ser modernos, simples, luxuosos, grandes ou pequenos, feitos com cristais, vidro, pedrarias, tecido, laminados, material reciclado… Há para todos os gostos e cômodos. Atualmente, no mercado, existe uma variedade enorme desse acessório.

São itens usados principalmente na sala de jantar, pois o momento em família e as refeições tornam-se mais agradáveis com a iluminação e decoração adequadas. Mas isso não impede que alguns modelos de lustres apareçam em quartos, cozinhas e até banheiros. Pelo contrário, devido à sua diversidade, é cada vez mais comum ver esses objetos ganhando cada vez mais espaço na decoração do lar.

Tradicional e casual, rústico, retrô ou moderno? A identidade do morador também é um critério que deve ser levado em conta na hora de buscar por modelos. Seus gostos e estilo de vida ajudam a definir o tipo de lustre que será utilizado. Outro ponto indispensável a analisado é a iluminação que se deseja para o espaço. Esse passo é importante, pois a iluminação também fica responsável por favorecer algum aspecto específico da composição do local. Para escolher o lustre certo, você deverá prestar atenção na proporção entre a peça, os móveis e o ambiente.

Um lustre deverá ter um comprimento, por exemplo, compatível ao tamanho do espaço e a altura da mesa. Nada de colocar uma luminária pendente lindíssima com o fio curto, isso faz com que ela perca todo seu encanto e função, desvalorizando a composição do ambiente.

Os objetos que compostos por tecido costumam oferecer uma iluminação mais suave, ideal para colocar em quartos ou até mesmo salas de estar e TV. Mas, se você busca um cômodo mais claro, opte pelos lustres feitos de vidro ou acrílico, que proporcionam uma iluminação mais intensa para o ambiente.

Tomar cuidado com o tamanho do lustre é imprescindível! Colocá-lo em um lugar carregado de outros itens decorativos, pode fazer com que ele se misture e perca seu destaque e sua grandiosidade. Além disso, a junção de muitos elementos em um só ambiente, ao invés de deixá-lo sofisticado, o deixará sobrecarregado de informações e pouco aconchegante.

 

Redação: Talita Marcondes – Agência Maypress

Fontes

Casa Abril

M de Mulher – Abril

Revsta Casa e Jardim

Casa Middas

Share This